teste

DISE DE SANTO ANDRÉ DEFLAGRA OPERAÇÃO DE EMPRESA QUE APLICAVA GOLPES NA SABESP

A Polícia Civil de Santo André deflagrou a operação 1791 e cumpriu nesta terça-feira 12 mandados de prisão e 25 busca e apreensão em 7 cidades da região metropolitana de São Paulo e na baixada santista. Os envolvidos responderão pelos crimes de furto, receptação e organização criminosos. Os donos da empresa envolvida, a Tesla, deverão ser presos. André Lengnaioli, delegado, deu mais detalhes sobre a operação.

NOTA OFICIAL SABESP

A Sabesp vai acompanhar as investigações e os desdobramentos do caso e tomará todas as medidas judiciais para ressarcimento de eventuais prejuízos junto a esses fornecedores. A Companhia já solicitou acesso ao inquérito policial e abriu procedimento interno para investigação.
A adição de cloro é uma das etapas do tratamento da água e seu uso é dosado durante o processo, que corrige a quantidade necessária do produto e os níveis de potabilidade, conforme estabelecido na legislação brasileira do Ministério da Saúde (Portaria de Consolidação nº 5, de 28 de setembro de 2017 do Ministério da Saúde).
A água distribuída é analisada em laboratórios com ensaios acreditados pelo INMETRO, o que assegura a qualidade da água fornecida aos clientes, sem riscos para o consumo.
Para esse controle, são realizados 90 tipos de testes e mais de 90 mil análises mensais que aferem turbidez, cor, cloro, coliformes totais, dentre outros. Esses resultados são enviados ao Ministério da Saúde e à Vigilância Sanitárias dos municípios.

CLIQUE E OUÇA O BOLETIM PUBLIQUE-SE: