O maior evento do varejo reúne mais de 800 expositores

A 35a edição da APAS Show 2019 (Associação Paulista de Supermercados) começou, nesta segunda-feira (06/05), e fica até quinta-feira (09/05), no Expo Center Norte, em São Paulo.

Com mais de 800 expositores, das principais marcas que foram responsáveis pelo crescimento de faturamento do País, a edição deste ano foi denominada “Super Hack – Hackeando o Supermercado”. O objetivo foi o de elevar a majoração da representatividade do setor supermercadista como fomento de negócios, geração de empregos e desenvolvimento econômico.

A abertura do evento feita pelo governado do Estado, João Doria (PSDB), contou com a presença do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), a deputada estadual Carla Morando (PSDB), do presidente da APAS, Ronaldo dos Santos e do vice-presidente da instituição e prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), que discorreu sobre a representatividade no volume da cadeia de postos de trabalho.

“É preciso cada vez mais o alinhamento do Poder Público com a iniciativa privada, pois assim será o período de abrir um caminho de mais emprego e negócio para todos. O setor é um dos que mais emprega. São mais de 500 mil pessoas com carteira assinada no Estado de São Paulo, além da forte capacidade na geração de emprego, resposta rápida na economia”, comentou o prefeito detalhando que o ramo de supermercados abastece mais de 80% dos alimentos consumidos pela população”.

O governador João Doria elencou o potencial de toda a cadeia, enfatizando ser o “maior evento do mundo”, citando a perspectiva de R$ 2,5 bilhões em faturamento. “Estimular novos negócios para mais empregos. É assim que uma gestão pública moderna trabalha. O Estado é global, nos apoiamos que todo o País seja competitivo e traga mais potencial”, discursou o governador.

35 anos de APAS – O setor supermercadista tem muito que celebrar nestes 35 anos de existência da APAS. A entidade divulgou os resultados do setor no ano de 2018 com destaque positivo para o faturamento, já que o Índice de Vendas dos Supermercados (IVS) fechou em alta de 2,32%, no quesito de mesmas lojas. Com isso, o faturamento nominal do Estado ficou em R$ 103 bilhões. A cadeia mantém, no Estado de São Paulo, 535 mil empregos diretos e 2 milhões de empregos indiretos. Só em 2018, registrou a abertura de 10 mil vagas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui